Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a complexidade das falácias

a complexidade das falácias

a supremacia das sensações

Saudades da paixão. Dos primeiros tempos insanos em que sentimos que somos capazes de cometer as maiores loucuras por uma única pessoa. De sentir que a paixão nos torna pessoas melhores, pessoas capazes de conquistar o mundo.

Paixões jovens e arrebatadoras em que a adrenalina e a ansiedade correm nas veias e fazem disparar o coração a um ritmo alucinante. As nossas acções são involuntariamente manipuladas por sensações extasiantes e as consequências tornam-se secundárias porque o que importa é sentir aquela injecção de emoção momentânea.

Quando foi a última vez em que agiste sem que optasses pelo correcto e não pela tua vontade?