Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a complexidade das falácias

a complexidade das falácias

primeira questão retórica

Aqui estou eu. Sem sono, sem palavras. A minha cabeça enche-se de nadas. Visitas do passado entram pela minha mente dentro. Tantas histórias que ficam por contar. Tantos beijos que ficam por dar. Encarar-te é o que mais temo, é o que mais desejo.

2 comentários

Comentar post