Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a complexidade das falácias

a complexidade das falácias

inspiração

O que é feito da inspiração? Quando falo em inspiração falo em criatividade, em inovação, em paixão e em entrega às mais diversas coisas. A verdade é que os dias inspiradores estão a tornar-se extintos enquanto somos sufocados com notícias sobre a crise. A conjuntura Europeia é grave e Portugal apresenta-nos cada vez mais um presente incerto e um futuro assustador.

Eu considero que é nesta dura realidade em que nos encontramos que devemos apelar à inspiração. Não nos podemos entregar ao conformismo, temos que abraçar novos projectos e dar a volta por cima mesmo quando as perspectivas são as piores. É tão duro sermos jovens e sentirmos que estão a transformar os nossos sonhos, ambições e projectos em mera poeira. 

E não, não concordo com as palavras do Sr.Primeiro Ministro e de muitos analistas da treta ("o desemprego é uma oportunidade") porque na minha perspectiva, tudo o que estes senhores dizem não passa de lixo auditivo. 

Já Tolstói dizia que "deve valorizar-se a opinião dos estúpidos: são a maioria".

dust in the wind

E hoje a Mia deixa-vos aqui este pedaço de céu, uma música que eu simplesmente considero uma obra prima!

Muito obrigado pelas vossas palavras ao longo destes meses. Acreditem ou não, eu considero este blog parte do meu mundo e queria agradecer-vos por fazerem parte dele.